5 dicas para o sucesso da automação de testes de software!

Por Jaderson Nascimento, Gerente de Qualidade na SysMap Solutions.

A crescente demanda por tecnologia no mundo, o boom de aplicativos mobile e a necessidade de entregar rapidamente valor ao cliente, tem tornado a automação de testes cada vez mais importante para garantir a produtividade, eficiência e qualidade.

Os testes podem ser automatizados em qualquer momento do ciclo de vida do software, desde as primeiras linhas de programação até a manutenção. Além de estar presente nos ambientes de testes e homologação, a automação de testes pode ser implantada em ambientes de produção, principalmente quando a aplicação é crítica, possui vários acessos simultâneos, integrações, atualizações constantes e muitos tipos de dispositivos/navegadores.

Os benefícios com a automação de testes são vários: maior cobertura dos testes, ciclos de testes mais rápidos, testes com agendamento 24/7, integração contínua, feedback rápido, maior capacidade de encontrar bugs, entre muitos outros.

Existem 5 pontos muito importantes para ter sucesso na implantação da automação de testes dentro do modelo de trabalho de uma empresa:

Entenda a maturidade da sua empresa

Analise o quão maduro está o seu processo, se ele vai suportar todos os insumos necessários para a automação ser bem sucedida. Abastecer um carro com combustível de avião não irá deixar ele melhor e mais rápido, pode até causar problemas. É necessário ter um processo de testes estruturado com testes manuais corretos e consistentes.

Planejamento

Estude e entenda o escopo que planeja automatizar. O primeiro passo do planejamento é definir qual o objetivo da automação, sem um objetivo bem definido o projeto pode ter problemas no andamento. O conhecimento do negócio é fundamental, seja para uma regressão ou continuous testing, a automação deve focar principalmente nos cenários críticos, para dar segurança à entrega, e nos cenários repetitivos, que geram grande esforço de tempo. Além disso, é necessário definir os papéis que cada integrante da equipe irá desempenhar e as ferramentas que serão utilizadas para a criação dos scripts de testes automatizados.

Criando uma cultura para o sucesso da automação dos testes

Definir uma boa estratégia de automação de testes é essencial para o sucesso do projeto, porém todo o trabalho duro pode sofrer consequências se equipe não tiver uma cultura que dê suporte ao objetivo do projeto. A automação de testes tem maior chance de sucesso quando há a colaboração de diferentes integrantes do time, como Arquitetos, Analistas de Negócios, Testadores Manuais e Analistas de Testes Automatizados. É importante que todos saibam do objetivo do projeto para que o time consiga trabalhar junto.

Arquitetura

Automação de testes é considerado desenvolvimento de software, logo é fundamental ter uma arquitetura robusta e bem escrita. Invista neste tema e irá colher os frutos. Tenha todo o desenho definido e aprovado, como a linguagem, gerenciador de versionamento, orquestrador, repositório de evidências e modelo de boas práticas da escrita dos scripts.

Alguns pontos devem ser considerados no momento de definir as ferramentas que serão utilizadas na criação dos testes automatizados:

  • Essas ferramentas possuem recursos e suporte que suprem a necessidade do projeto? É importante verificar se as ferramentas terão todos os recursos que serão necessários para automação dos testes, além disso, é importante verificar se a ferramenta possui um suporte de qualidade para futuro esclarecimentos de dúvidas, seja com o fornecedor da ferramenta, fóruns, artigos e cursos publicados pela internet.
  • Elas são compatíveis com a linguagem de programação, dispositivo e browsers escolhidos para o projeto? A atenção aqui é voltada para os dispositivos que executam a aplicação, pois a automação pode ocorrer em aplicações mobile, web ou desktop, e dependendo da ferramenta escolhida, talvez a mesma não possibilite a automação da aplicação que será testada.
Profissionais capacitados

Sim, é necessário ter profissionais capacitados! Ter os profissionais com conhecimento no modelo de automação que será utilizado é imprescindível. Dominar a linguagem de programação, frameworks, documentação dos scripts construídos, geração de logs, evidências e experiência com estratégias de testes, todos esses conhecimentos são muito importantes para os profissionais.

Nesse artigo citei alguns pontos sobre automação que são fundamentais para atingir o resultado esperado. Gostou? Compartilhe sua experiência e nos procure para encontramos as melhores soluções para sua empresa!

Compartilhe este conteúdo!

Deixe uma resposta

Sua opinião é muito importante para nós